Confira nesta edição do Correspondente Local:

  • Catadores de recicláveis preferem permanecer na informalidade a regularizar o trabalho por meio da Prefeitura;
  • Transição da Secretaria de Saúde para Fundação causa alterações no orçamento do setor;
  • Associação de Proteção ao Autista (APROAUT) carece de reajuste financeiro;
  • Mais de 26 mil pessoas esperam por consultas e cirurgias pelo SUS em Ponta Grossa;

 

 

 

Confira nesta edição do Correspondente Local:

  • O atendimento no novo CAPS não será 24h por falta de funcionários.
  • O número do ataque de cães em Ponta Grossa é maior que em Curitiba.
  • As consequências da Reforma da Previdência para as mulheres e trabalhadores rurais.
  • A síndrome do transtorno mental autista é mais fácil de ser identificada no ambiente escolar.

Confira nesta edição do Correspondente Local:

  • Rotatórias construídas pela Prefeitura prejudicam a mobilidade dos pedestres.
  • Habitação indígena é problema recorrente em Ponta Grossa.
  • Prédios históricos da cidade vem se deteriorando pelo abandono.

Confira nesta edição do Correspondente Local:

  • Pedestres e ciclistas correm riscos na única ciclofaixa da cidade
  • Aposentados continuam no mercado de trabalho devido ao baixo valor do benefício recebido
  • A lista de espera para exames de cardiologia é de mais de 500 pessoas em Ponta Grossa
  • Cursos de especialização são alternativa para mais de 1 milhão de paranaenses que se encontram na informalidade

Nesta edição você confere: motoristas apresentam dificuldades no uso do aplicativo Estar Digital, obras de pavimentação das principais ruas dos bairros causam transtorno, ONGs realizam apoio para aos portadores de HIV.