A Igreja Católica, por meio da Regional Sul 2 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), lança uma Cartilha de Orientação Política com o título “Os Cristãos e as Eleições 2018”, na quarta-feira, 4/07, às 19 horas, no Espaço Cultural Sant’ana em Ponta Grossa, buscando orientar a população sobre o período eleitoral de 2018.

 

O idealizador da cartilha deste ano é o padre Mário Spaki. A proposta da cartilha é servir como um guia de esclarecimento, que está na 6a edição e é divulgada em ano eleitoral, seja em níveis municipais ou gerais (estaduais e nacional). A versão 2018 do documento trata de aspectos como o voto nulo, “fake news” (notícias falsas) e compra de votos, para orientação de eleitores, candidatos e comunidades, sem identificação com nenhuma candidatura ou grupo político.

O guia pretende ainda instruir as pessoas sobre as principais funções de cada candidato e a importância do exercício de um cargo público, para que o leitor tenha a certeza de que está votando com consciência, além de responsabilizar o eleitor na escolha de candidatos de boa índole e como ter todos cuidados para não cair em falsas promessas.

“A cartilha vai sugerir que as pessoas vão à favor da democracia, mas de uma forma neutra. Ela instrui muito sobre a relação política e igreja”, diz Oscar Fürstenberger, professor aposentado e coordenador do Conselho Diocesano do Laicato em Ponta Grossa.

Furstenberger também esclarece que o documento ajuda no entendimento dos leigos a assuntos de cunho político. “As pessoas podem ler, não ler, concordar, não concordar, mas a cartilha possui os atributos básicos de orientação política, como por exemplo a oposição à compra de votos e alerta a “fake news”, diz Füstenberger.

“A cartilha é importante para instruir os católicos a participar mais da política do país, a se informar no assunto e defender o que acredita”, diz Maria Fernanda de Lima, membro da Renovação Carismática Católica. O lançamento acontece às 19 horas e as cartilhas serão entregues durante o evento.