Um dos objetivos é orientar sobre a inclusão no mercado de trabalho

O Programa Senai de Ações Afirmativas (PSAI), em parceria com o Conselho Paranaense de Cidadania Empresarial (CPCE), realizou na última quarta-feira, dia 27, o primeiro Fórum de Inclusão da Pessoa com Deficiência de Ponta Grossa. O encontro ocorreu no Ginásio Jamal Farjallah Bazzi, reunindo durante todo o dia empresários, associados, entidades voltadas às PcD e familiares.

Uma das organizadoras do evento, Janaina Cazini, explica que o objetivo foi sensibilizar as pessoas sobre os assuntos voltados ao mercado de trabalho, bem como “desmistificar dúvidas sobre a inclusão da Pessoa com Deficiência e orientar sobre o processo de contratação e reabilitação profissional”.

No evento, o PROPCD (Programa de Inclusão da Pessoa com Deficiência) apresentou metas  já iniciadas e com previsão para serem alcançadas em sua totalidade até o fim de 2014. Entre elas está a criação de um banco de dados completo sobre as PcD que contenha o perfil, informações de escolaridade e situação empregatícia das mesmas.

Além disso, é intenção do programa utilizar os dados coletados para agilizar a inclusão dos cadastrados no mercado de trabalho.

A assistente social da ADFPG (Associação de Deficientes Físicos de Ponta Grossa), Ana Teresa Vieira, participou do encontro e é membro do comitê organizador do PROPCD. Segundo ela o Fórum serviu para estimular os deficientes a voltar (e em alguns casos a ingressar pela primeira vez)  ao mercado de trabalho, e as palestras animaram os ouvintes.

“Havia 11 associados nossos e eles gostaram bastante, principalmente da fala da psicóloga. Era um discurso que eles precisavam ouvir mesmo”, disse.

Ainda foram realizadas inscrições para cursos do Pronatec (Programa Nacional de acesso ao Ensino Técnico e Emprego) ofertados pelo Senai e com início já em janeiro do ano que vem.