Veja os destaques da primeira edição do Ponto da Notícia de 2018: visita de Jair Bolsonaro (PSL) provoca manifestações de apoio e repúdio à pré-canditura  do deputado à Presidência.Confira também informações sobre o episódio de assédio contra a assessora do Operário, Bianca Machado e a falta de livros na nova biblioteca da UEPG.

Primeiro bloco:

Segundo bloco:

Terceiro bloco:

 

Na última edição do Ponto da Notícia em 2017 você confere o Vestibular de Verão da UEPG teve baixa considerável no número de concorrentes. Confere também informações sobre a ameaça de extinção do Cacto Bolinha e uma matéria especial sobre a situação dos refugiados que vivem em Ponta Grossa. Confira informações sobre o 13º salário, IPTU 2018 e o Dezembro Vermelho, uma campanha de prevenção ao HIV. 

 Nesta edição do radiojornal trazemos informações a respeito do time de volei Ponta Grossa Caramuru, que jogou dia 21 de novembro na Arena Multiuso e perdeu na sétima rodada da superliga de vôlei, para o Corinthians de Guarulhos e terminou em 3X2 para os visitantes.

 


Você ainda confere dicas do PRCON ao consumidor, para esta Black Friday; e alimentação alternativa de alunos depois do aumento no preço do RU.

 

 

Em sua terceira edição, o Ponto da Notícia Debate discutiu a importância do incentivo a música local. O assunto que sustentou o debate foi o Projeto de Lei 214/2017 aprovado no dia 30/10 na Câmara Municipal de Ponta Grossa, feito pelos vereadores Geraldo Stocco e Rudolf Polaco. A lei estabelece a obrigatoriedade de contratação de músicos locais na abertura de shows ou eventos musicais financiados com dinheiro público, ou que sejam realizados em espaços públicos. Se não for possível a contratação de um músico local, o projeto, que ganhou o nome de “Nossos talentos” prevê a possível contratação de músicos residentes no estado do Paraná.
Foram convidados para essa edição o produtor musical Eron Quintiliano e o músico independente Cássio Murilo.

 

No primeiro bloco, os convidados discutiram o cenário dos artistas independentes na cidade e projetos de outros países.​

 

 

No segundo bloco, os convidados ouviram a entrevista Fala Povo e comentaram sobre a necessidade da lei existir fora do papel e realmente ser aplicada na cidade.​

 



​​No último bloco, o debate foi em torno dos espaços e do incentivo direcionado à cultura na cidade.

 

Para sua segunda edição, o Ponto da Notícia Debate, discutiu a Lei aprovada pelo STF referente ao ensino religioso de natureza confessional nas escolas da rede pública, as quais, agora podem seguir os ensinamentos de uma religião específica. Foram convidados para a mesa o professor doutorando em Teologia pela PUC-PR, Kevin William Kossar e o professor Mestre em ensino em História, Fábio Maurício Holznann para discutir a presença da religião de forma curricular na educação .

No primeiro bloco, os convidados apontam as possibilidades de situações que a nova lei pode acarretar nas atividades escolares. A partir de um enquete, analisaram a opinião do público e suas preocupações frente a emenda.


No segundo bloco, o debate foi em torno de como será posta em prática a nova Lei, e seus quais serão seus impactos no ensino e na convivência dos estudantes no ambiente escolar.


No terceiro e ultimo bloco, os professores comentam sobre como as diferentes crenças e ideologias serão afetadas pela Lei, e como ela compromete a diversidade religiosa dos estudantes.

O programa Ponto da Notícia realizou, no dia 31 de outubro, um debate sobre os limites da arte e a censura de peças artísticas devido a recentes polêmicas envolvendo nudez e arte. Para a composição da mesa de debate convidamos o professor graduado em Artes Visuais pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Lucas Bandeira de Melo, e o professor de Direito da UEPG, Pedro Miranda.

 

 

No primeiro bloco, o debate gira entorno da recente polêmica que ocorreu no Museu de Arte Moderna de São Paulo, na qual uma criança interagiu com um artista nu na peça chamada La Béte, e também do caso do QueerMuseu, no Santander Cultural de Porto Alegre, no qual a exposição acabou sendo cancelada devido a protestos contrários ao conteúdo da mostra.

 

 

O segundo bloco aborda questões vinculadas aos movimentos ditos conservadores em relação a expressões artísticas e culturais, e como esse posicionamento influência nas áreas da educação, artes, e os fatores políticos envolvidos na restrição das discussões sobre liberdade de expressão.

 

 

No terceiro bloco, o assunto decorre em torno das influências que os meios de comunicação e as mídias sociais possuem sobre o público e como podem afetar a liberdade de expressão. O debate problematiza como os espaços de discussão abertos em redes sociais acabam por limitar e moralizar assuntos como arte e política.

 

 

No quarto e último bloco, foi resgatado o caso da Câmara de Vereadores em que o vereador Pastor Ezequiel (PRB-PR) ameaçou a cantora drag queen Pabllo Vittar de prisão, caso saísse nas ruas da cidade durante a tradicional München Fest.

 

 

Ouça:

Nesta edição do Ponto da Notícia Entrevista você confere a entrevista com o engenheiro da Autarquia Municipal de Transito e Transporte (AMTT), Gary Dvorecky:

 

Bloco 1

Bloco 2

Bloco 3

Confira mais uma edição do Ponto da Notícia, com a reportagem especial sobre a audiência pública que discutiu a importânica das universidades:

 

Nesta edição do Ponto da Notícia Entrevista: Direito à Cidade, convidamos o engenheiro da Autarquia Municipal de Trânsito e Transporte (AMTT), responsável pelo trânsito de Ponta Grossa, Gary Dvorecky para comentar as dificuldades de adequar as ruas à acessibilidade necessária para o município. O engenheiro, formado em Engenharia Civil pela Universidade Estadual de Ponta Grossa, explica também as mudanças das vias, retirando estacionamentos e calçadas. Essas mudanças fazem com que alguns ambulantes sejam retirados de seus pontos, como os vendedores das ruas Sete de Setembro e Santos Dumont, cujo prazo para mudar de local vai até hoje (06).

 

 

Você sabe como funciona o trabalho de um engenheiro da AMTT? Gary explica as demandas que o órgão tem que cumprir e a intenção de modernização das ruas antigas por trás das novas mudanças. Confira também a versão da AMTT para o aumento do preço da passagem de ônibus. Ouça!

 


Ponta Grossa possui cerca de 1 carro a cada 2 habitantes. Como os engenheiros da AMTT trabalham para melhorar o tráfego, de forma a facilitar e não prejudicar a rotina de motoristas e pedestres? Confira! E mais: o ponto de vista do engenheiro sobre os vendedores de rua estarem sendo prejudicados.

 


Confira a explicação do engenheiro sobre a acessibilidade e mobilidade de Ponta Grossa: a cidade está preparada para a modernidade e o futuro? O engenheiro explica que o trabalho da autarquia é a adequação do passado ao presente. Saiba mais!

 

 

 

Foto: Veridiane Parize

Nesta edição do radiojornal Ponto da Notícia, você confere: a reportagem sobre a audiência pública que discutiu a importância das universidades do Paraná, as eleições para o Diretório Central dos Estudantes (DCE) da UEPG e para a Associação dos Professores do Paraná (APP) e a liminar  da justiça que revogou o preço do Restaurante Universitário, que volta a custar R$ 3,80 na segunda-feira (25).

Confira mais uma edição do Ponto da Norícia Entrevista, com o convidado Henrique Pontes:

Bloco 1

Bloco 2

Bloco 3

Confira o Ponto da Notícia dessa semana:

 

Confira o Ponto da Notícia Entrevista com o técnico do time do Operário Ferroviário Esporte Clube (OFEC), Gerson Gusmão:

 

Bloco 1

Bloco 2

Bloco 3

Confira a edição do Ponto da Notícia:

 

Confira a edição do Ponto da Notícia:

 

 

A Área de Proteção Ambiental da Escarpa foi criada em 1992 para proteger as cachoeiras, cavernas, cânions e fendas, além do patrimônio arqueológico existente no Paraná

 

Nesta edição do Ponto da Notícia Entrevista, convidamos Henrique Pontes para dar continuidade à série de entrevistas sobre espaço urbano. O geógrafo responde questões relacionadas ao direito à cidade e à proposta de redução da Escarpa Devoniana. Confira:

Bloco 1:

É possível conciliar a conservação da biodiversidade da área e ao mesmo tempo extrair e retrair recursos naturais de forma sustentável? Confira! Bloco 2:

Pontes explica a questão da Área de Proteção Ambiental da Escarpa Devoniana, desde questões técnicas e científicas, até ambientais e sustentáveis. Para ele, a utilização da APA da Escarpa precisa ser sustentável, pois a região é rica em biodiversidade e em patrimônio arqueológico, saiba mais!

Bloco 3:

O programa 'Minha Casa, Minha Vida' e a questão da distribuição geográfica das casas do projeto. Por que tão distantes do centro da cidade?

 

Confira também:

Ponto da Notícia: Vôlei sub-18 do Neo Master representa o Paraná