O cientista político Rafael da Silva conversou por Skype com a estudante de jornalismo Mirna Bazzi sobre regras para financiamento de campanhas políticas e declaração de bens dos candidatos e partidos políticos.

foto guaragiMoradores do distrito do Guaragi reclamam da falta de horário de ônibus. A Viação Campos Gerais (VCG) possui apenas oito horário na linha do Guaragi que sai do terminal de oficinas, sendo que o último é as 19h10.  Foto: Ana Luisa Vaghetti

 

O distrito do Guaragi pertence ao município de Ponta Grossa desde 1957. Com cerca de 3.000 mil moradores divididos em vila e zona rural, a região está localizada aproximadamente a 35km do centro da cidade. 

Reforma Eleitoral altera doações e contribuições finaceiras para reduzir custos de campanha Foto: Kassy Liandra

As eleições de 2016 para as Prefeituras e Câmaras Municipais sofrem alterações com a Lei 13.165 da Reforma Eleitoral, entre as mudanças para reduzir os custos de campanha, a alteração nas doações e contribuições financeiras. Até 2012, pessoas físicas e jurídicas, além dos recursos do Fundo Partidário, poderiam doar aos candidatos e partidos políticos. Após a Reforma Eleitoral, pessoas jurídicas ficam proibidas de realizar qualquer tipo de doação.

No Brasil existem 35 partidos registrados no TSE, em PG 29 estão engajados no pleito. Foto: João Guilherme Castro

Nas eleições de 2016 em Ponta Grossa participam quatro coligações e um partido isolado para prefeito. No total são 29 partidos engajados no pleito. Desses, 19 partidos participaram das duas últimas eleições, em 2008 e 2012, o que corresponde a 65,51% no número total de partidos no município. No Brasil, são 35 partidos registrados no Tribunal Superior Regional (TSE), Ponta Grossa disputa com 82,85% dos partidos registrados no País.

Candidatos falam suas principais propostas à equipe do Periódico. Marcelo Rangel não respondeu à reportagem
Equipe do Portal Periódico entrevistou cada um dos candidatos para saber qual a principal proposta eles colocarão em prática se eleitos. Foram ouvidos os candidatos Aliel Machado (REDE), Julio Kuller (PMB), Leandro Soares (PPL) e Professor Gadini (PSOL). O candidato Marcelo Rangel não respondeu à reportagem até o fechamento dessa matéria. Cada candidato teve um minuto para desenvolver a fala. Confira:

O eleitor que não fez o cadastramento biométrico não poderá votar nas Eleições Municipais 2016. Foto: Marcos Pertinhes
Os eleitores que não fizeram o cadastro biométrico até o dia 4 de maio de 2016 tiveram o título eleitoral cancelado e não poderão votar nas eleições deste ano. A partir de novembro o eleitor de título cancelado deverá comparecer no cartório eleitoral para a regularização.
Ouça as informações:
Durante o debate, prefeituráveis assinam uma carta compromisso com o DCE da UTFPR. Foto: Lucas Feld

Organizado pelo Diretório Central dos Estudantes (DCE), da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), o debate teve quatro dos cinco candidatos inscritos presentes. Durante a noite de terça-feira, dia 26, Aliel Machado (REDE), Jülio Kuller (PMB), Landro Soares (PPL) e Sérgio Gadini (PSOL) foram ao auditório do Centro de Convivência da UTFPR, em Ponta Grossa, que estava lotado. O candidato do PPS e atual prefeito, Marcelo Rangel, não compareceu no evento que teve início às 19h.