2017. O ano que marca o aniversário de 500 anos da Reforma Protestante é também um ano caracterizado por atos de intolerância religiosa em todo o mundo.

Nos Estados Unidos, o presidente Donald Trump, eleito em novembro de 2016, emitiu um decreto proibindo a entrada de imigrantes e refugiados de origem muçulmana no país. Na Rússia, a Suprema Corte considerou o centro administrativo das Testemunhas de Jeová uma organização extremista e proibiu as suas atividades. No Egito, duas explosões em Igrejas Coptas (igrejas cristã-ortodoxas, da minoria católica no país) mataram cerca de 40 pessoas e deixaram mais 100 feridos na Páscoa.

Em entrevista ao Periódico, o Cônsul da República do Peru no Paraná, Luiz Henrique Sossella Costa Lima, informou que a mãe e irmão do estudante baleado ontem (24), Éric Navarro – intercambista da pós-graduação em Odontologia na Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) –, chegam ao Brasil hoje às 19:50. Os familiares serão recebidos pelo Consulado do Peru e representantes da UEPG no Aeroporto Internacional Afonso Pena, em Curitiba, de onde se dirigem a Ponta Grossa.

Evento promovido Grupo Renascer traz palestras sobre ações de inclusão LGBT na comunidade religiosa

O 14º Fórum de Direitos Humanos, que aconteceu na última sexta-feira (12), no auditório B do Cine Teatro Ópera, teve como tela “O amor em Cristo em todas as cores”. Além de palestras, o evento teve a exposição fotográfica “Holofotes”, com o objetivo de colocar em evidência a comunidade LGBT de Ponta Grossa.

Segundo a prefeitura de Ponta Grossa, existem 150 pessoas em situação de rua na cidade. Esse número é variável, já que muitos são itinerantes e não ficam por muito tempo.

Após o terremoto que atingiu o Haiti em 2010 a mídia vem tratando os imigrantes haitianos de maneira vitimizadora

Após o terremoto que atingiu o Haiti em 2010, muitos haitianos tiveram que sair do país em busca de uma vida nova. O Brasil foi um dos lugares escolhidos, e hoje muitos vivem no Paraná.