Após cortes de verbas das universidades federais pelo governo Jair Bolsonaro (PSL), universidades de todo o Brasil realizam o Dia Nacional de Greve pela Educação

O Dia Nacional de Greve pela Educação acontece, nesta quarta-feira (15), em todo o país. Professores, funcionários e alunos da UEPG se reuniram nos campi Central e de Uvaranas para protestar contra o desmonte das universidades públicas do Brasil e contra a Reforma da Previdência. O ato teve ínicio às 7 horas com planfetagem e café comunitário. Representantes do DCE e do SindUEPG foram à única sala onde houve aula pela manhã a fim de conscientizar as pessoas sobre a necessidade adesão ao movimento.

Dia Nacional de Greve pela Educação é marcado por manifestações nos campi Central e Uvaranas da UEPG / Foto: Luiz Zak

As atividades  previstas para a paralisação desta quarta-feira(15) têm ínicio às 7 horas da manhã com panfletagem nos campi Central e Uvaranas da UEPG

Na última segunda-feira(13), assembleia do Sindicato dos Professores da UEPG(SindUEPG) aprovou  a paralisação das atividades em adesão ao Dia Nacional de Greve pela Educação. O movimento reúne, nesta quarta-feira (15), professores e estudantes das redes de ensino público federal, estadual e municípal de todo o país. As entidades de representação sindical do Paraná reinvidicam dos servidores das universidades estaduais do Paraná reinvidicam o cumprimento da data-base uma vez que o último reajuste salarial ocorreu em 2016. As perdas com a inflação ultrapassam 17%.

 

Em assembleia do SindUEPG, professores da UEPG decidem pela paralisam das atividades nesta quarta-feira / Foto: Divulgação

 

 

Assembleia promovida pelo DCE defende a unificação de pautas de alunos e professores

Assembleia promovida pelo Diretório Central dos Estudantes (DCE) da UEPG aprovou nesta terça-feira (14), por unanimidade, a participação na Greve Nacional de Greve da Educação. Durante a reunião, foi defendida a unificação das pautas propostas pelos estudantes e pelos professores. Na segunda-feira (13), assembleia promovida pelo Sindicato dos Docentes da UEPG (SindUEPG) aprovou a paralisação. As atividades do Dia Nacional de Greve da Educação têm início nesta quarta-feira (15), às 7 horas, com panfletagem, realizada por professores e alunos, no Campus Central e no Campus Uvaranas da UEPG.

Estudantes aprovam participação em luta nacional em defesa da educação / Foto: Ana Bianca Kloster

A equipe do Correspondente Local esteve hoje no Ato contra o corte de verbas, veja no Plantão:

Na próxima quarta-feira (15), Dia Nacional da Paralisação em Defesa da Educação e das Universidades Públicas, a Associação Nacional de Pós-Graduandos participa de protesto nacional
A cada ano a tensão pela continuidade dos programas de pós-graduação na Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) aumenta. Isso porque o repasse de verbas destinadas às pesquisas tem diminuído cada vez mais, causando preocupação à comunidade acadêmica. Atualmente, a UEPG recebe auxílio da Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Estado do Paraná (FA), do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).
 
Fachada da UEPG - Campus Central | Foto: Luiza Sampaio