Reajuste no valor representa mais R$ 355 mil por dia à VCG

Passagem de ônibus em Ponta Grossa aumenta 15%

O Conselho Municipal do Transporte (CMT) anunciou, no último dia 17, o aumento da tarifa do ônibus circular em Ponta Grossa. Após 18 meses sem mudanças, o valor subiu de R$3,80 para R$4,30. O aumento de R$ 0,50 para o bolso do consumidor a 15%. Porém, o reajuste concedido à tarifa de transporte foi feito sem o cumprimento pela Prefeitura Municipal de Ponta Grossa das recomendações do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PR), que após auditoria realizada no início do ano indicou diversas falhas no transporte coletivo municipal.

Passageiros que dependem do transporte público em Ponta Grossa gastam, em média, 4 horas locomovendo-se com o ônibus durante um dia inteiro, contabilizando ida e volta, segundo dados do aplicativo Moovit de Transporte Público. Outros dados do app estimam que pelo menos 63% dos passageiros trocam de ônibus, ao menos, uma vez e, em média, 25% das pessoas fazem mais de duas trocas em um único trajeto. 

Foto: Arquivo Periódico

A compra de passagens pelo benefício ID jovem, para alguns lugares, não é feita no terminal rodoviário

ID Jovem 20 09 19

                     Emissão de passagens pelo ID jovem só podem ser obtidas pelo guichê |Foto: Germano Busato

A emissão de passagens pelo benefício ID Jovem, documento que permite passagens gratuitas ou com 50% de desconto para viagens interestaduais não possui funcionamento adequado em Ponta Grossa. Não é possível retirar passagem no terminal rodoviário pela falta de disponibilidade de retirada pelas empresas que são responsáveis pelo transporte interestadual, para o documento que permite gratuidade para os beneficiários pelo ID Jovem.

Aumento da tarifa de ônibus impacta orçamento dos usuários | Foto: Arquivo Portal Periódico

O aumento na passagem do transporte coletivo de R$3,80 para R$4,30 prejudica usuários do transporte. O reajuste de R$ 0,50 passa a valer nesta sexta-feira (20). O valor da tarifa não sofria reajuste há mais de um ano e o aumento está acima do índice de inflação do último ano.

Na região do aeroporto de Ponta Grossa, a diminuição foi de 30% da oferta do transporte público

No dia 28 de janeiro deste ano, a oferta de ônibus que atende o bairro Cará-Cará teve redução de circulação pela Autarquia Municipal de Trânsito e Transporte (AMTT). A mudança foi divulgada no Diário Oficial da Prefeitura de Ponta Grossa. Ao todo, 20 linhas foram alteradas ou cortadas.

A moradora do bairro, Cristiane Pedroso, reclama da mudança no transporte público por conta da demora, já que os ônibus passaram a ter intervalos de praticamente uma hora. “Os ônibus ficaram muito devagar e cheios. Depois das 20h25, o transporte vem de hora em hora e só até às 23h. Muito difícil a gente morar em um bairro que é longe e ficar sem ônibus”, reclama.

Cristiane também comenta que a baixa circulação dos ônibus pelo Aeroporto Sant’Ana – Comandante Antonio Amilton Beraldo, localizado no Cará-Cará. "Apenas três ônibus, por dia, passam por lá [pelo Aeroporto]. É complicado por ser distante. Precisava mais melhorias, nem que fosse micro-ônibus intercalados nesses horários que não são de pico. Ajudaria bastante”, sugere.

Apenas 30% dos ônibus que circulam no Cará-Cará chegam no aeroporto. Além disso, serviços de transporte por aplicativoi não chegam até o local e o moradores ficam dependendo de táxis comuns. Segundo a AMTT, as mudanças foram feitas por meio de estudos e a fim de efetuar cortes de gastos, já que não houve aumento da passagem. A Autarquia argumenta que não há demanda de passageiros o suficiente para manter os horários anteriores.

Ouça esta e outras reportagens do Ponto da Notícia

Reportagem: Denise Martins
Edição: Emanuelle Salatini, Amanda Gongra, Alex Marques, Daniela Valenga (Ponto da Notícia) / Érica Fernanda (Portal Periódico)
Supervisão: Professores Angela Aguiar, Fernanda Cavassana, Manoel Moabis
Técnico de edição: Reinaldo dos Santos
Monitora: Letícia Gomes