Estacionamento regulamentado cobra pela permanência de veículos por tempo na rua e estabelece tempo máximo de estacionamento - Foto: Raylane Martins

O projeto de lei 372 de 2019 tramita na Câmara de Vereadores de Ponta Grossa com a proposta de isenção da taxa de estacionamento regulamentado a doadores de sangue e pacientes de hemodiálise.

Ouça a reportagem de Ana Paula Almeida:

Ficha Técnica

Reportagem: Ana Paula Almeida
Edição: Raylane Martins
Supervisão: Professoras Angela Aguiar e Fernanda Cavassana
Monitores: Luiz Zak e Alex Miles
Apoio técnico: Reinaldo Santos

Amor Exigente é um grupo de auto e mútua ajuda para depedentes químicos e familiares em Ponta Grossa. Nos encontros, os participantes são incentivados a promover mudanças na própria vida para o enfrentamento de dificuldades vivenciadas pelo vício

No Brasil, cerca de 100 milhões de pessoas são afetadas direta ou indiretamente pela dependência química. | Foto: Eder Carlos

O grupo Amor Exigente de Ponta Grossa se reúne todas as quintas-feiras às 20h. Os encontros acontecem na Escola Aristeu da Costa Pinto, próximo à Igreja Santa Rita, no Bairro Ronda. A participação é aberta a todos. 

20191107 091315

 

Nesta quarta-feira (06), os vereadores aprovaram a alteração na Lei nº 7.328/2003 que trata da instalação de abrigos nos pontos de ônibus em Ponta Grossa. O projeto do vereador Rudolf Polaco sugere um aumento do prazo atual de quatro anos na concessão dada às empresas para que seja feito publicidade nos abrigos de transporte coletivo. O novo prazo indicado na lei é de 20 anos.

Atualmente, a cidade conta com 78 médicos atendendo em 54 unidades, uma média de pouco mais de um médico por Unidade Básica de Saúde. O corte do programa Mais Médicos fez reduzir o número de profissionais da saúde e moradores reclamam da qualidade no atendimento pela falta de médicos.

 

“Estar na rua não é uma opção (…) tomar banho é um luxo” relata a moradora de rua Maria do Socorro. Ela ainda afirma que se não fosse pelo projeto Banho Solidário, que proporciona banho quente para moradores de rua e pessoas em situação de rua, não saberia quando tomaria banho outra vez.

O banho acontece em um Trailer, adaptado com dois chuveiros, separados em masculino e o feminino. Rafisa Machado Ramos, da assessoria de imprensa da Prefeitura de Ponta Grossa, afirma ser o primeiro projeto que oferece chuveiros masculino e feminino. Ramos destaca que a iniciativa é a primeira adotada pela prefeitura. Os demais existentes em outras cidades são realizados por organizações não governamentais (ONG’s). Para participar do projeto, é necessário realizar o cadastro, que dá acesso ao banho, kits de higiene, roupas limpas, corte de cabelo, alimentação e empréstimo da toalha. O morador de rua tem como referência o Centro de Referência Especializada em Assistência Social (CREAS), que realiza um acompanhamento e disponibiliza informações como o local e data do banho solidário.