O Mercado da Família passa a ser responsabilidade da Secretaria de Assistência Social do Município. Foto: José Tramontin

Em sessão extraordinária, no dia de hoje, os vereadores votaram por unanimidade a favor da extinção da Secretaria do Abastecimento, atual responsável pelo Mercado da Família.

Moradores da Rua Marialva reclamam da demora e da falta de interesse da prefeitura. Foto: Gabriel Neto

A empresa responsável pelo asfaltamento das ruas da cidade, Companhia Ponta-grossense de Serviços (CPS), órgão da prefeitura, demora mais de quatro anos para realizar asfaltos nas ruas do município. Cidadãos que solicitaram o serviço no mandato do prefeito Pedro Wosgrau esperam até hoje para serem atendidos.

O mercado atende mais de 50 famílias por dia - Foto: José Tramontin
O programa Mercado da Família, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Abastecimento de Ponta Grossa, busca diminuir gastos públicos e beneficiar os cadastrados com produtos de mercado mais acessíveis. No bairro de Uvaranas, o Mercado da Família está localizado na rua Vicente Esposito, 170, ao lado do terminal.

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT), a média de crescimento nos preços é de pelo menos 10% - Foto: José Gabriel Tramontin

Muitos pais já se preparam para enfrentar a alta dos preços nos materiais escolares que está prevista para 2016. “Está difícil, todos os anos o preço aumenta absurdamente, temos que fazer muita pesquisa para tentar economizar”, aponta Darlene Ramos.

A previsão do termino das obras está para serem entregues em 15 de janeiro de 2016. Foto - Gabriel Neto

A entrega das obras de reforma das guaritas da rodoviária, orçada em aproximadamente R$55 mil, foi adiada. A previsão inicial era 18 de dezembro, porém o mau tempo atrasou as obras, que serão entregues em 15 de janeiro de 2016.