O clube se prepara para a disputa em 2019 do Campeonato Brasileiro da Série B e para o Campeonato Paranaense da Série A, competição que ocorre no primeiro semestre. Até o momento, a equipe técnica realiza exames com os atletas.

 

Após confusão e briga no final da série C, Operário é absolvido pelo STJD. O atacante Schumacher pegou seis jogos de suspensão.

A ausência de patrocínio no futebol amador impede que a Liga de Futebol Amador de Ponta Grossa contrate serviços necessários para as partidas. Com pouco investimento, as partidas acontecem sem atendimento médico, e os times não conseguem pagar a taxa de arbitragem exigidas pela Liga. Confira na reportagem:

 

Foto: Amanda Dombrowski 
Com time reserva, Ponta Grossa Caramuru enfrenta o Sesc-RJ e o jogo acaba em derrota. 

Na ultima quarta-feira (08), o Caramuru entrou nas quadras pela quinta vez para competir pela Superliga Nacional de Vôlei. Desta vez, enfrentou o Sesc-RJ. O time de Ponta Grossa cometeu várias falhas e não teve um grande aproveitamento, com o jogo resultando 3 sets a 0 para o time carioca, com parciais de 25/15, 25/19 e 25/15. Essa é a quinta derrota do Ponta Grossa Caramuru.
No primeiro set, o Sesc-RJ dominou a partida não dando chance para o Caramuru avançar e pontuar. Foram poucas as jogadas em que o time princeso estava em sincronia. No segundo set, o Caramuru se reergueu e a partida foi acirrada até o ponto 17, mas pelas mesmas falhas o time carioca abre uma vantagem e ganha o set. No terceiro set, o Sesc-RJ jogou forte e garantiu a vitória do jogo.
O central do Sesc-RJ, Tiago Barth, foi eleito o melhor jogador da partida e ganhou o Troféu VivaVôlei CIMED.
Esse foi o primeiro jogo do Caramuru após a vitória do Campeonato Paranaense. O supervisor do time, Carlos Augusto Cutrin, assume que o time cometeu muitos erros por conta do desgaste dos últimos jogos e pede desculpas para a torcida, mas parece esperançoso com os jogos futuros. “Nós jogamos muito a baixo e cometemos muitos erros, mas estaremos preparados para o próximo jogo contra o Maringá, que será uma disputa direta que vale 6 pontos” determina o surpevisor.
O time de Ponta Grossa foi poupado. Os jogadores titulares estavam no banco enquanto os reservas estavam no jogo enfrentando o Sesc-RJ. Segundo Carlos Augusto, os titulares estão descansando para o jogo contra o Maringá Vôlei. Um dos titulares que estava em quadra é o favorito da torcida, o central ,Thales que explica que o time não vai se abalar com a derrota, mas sim aprender com ela e treinar ao máximo para o próximo jogo ter um resultado positivo.
“É questão de treino, observação e executar o melhor trabalho” reitera o central.
O Ponta Grossa Caramuru volta a jogar longe de casa, onde vai enfrentar o time de Maringá, neste sábado, às 18h30, no Ginásio Chico Neto. O Sesc-RJ também joga neste sábado, às 19h no Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro.

Jogo foi disputado e a equipe de Ponta Grossa dificultou a vitória do adversário. Foto: Amanda Dombrowski

A equipe do Caramuru Ponta Grossa recebeu o Sada Cruzeiro na noite de ontem (03) em partida válida pela liga nacional de vôlei. Os atuais campeões garantiram a vitória na Arena Multiuso por 3 sets a 1, com parciais 25/20, 23/25, 25/23 e 30/28.